WebFidelidade

Dicas para construição de uma ação de email marketing mais eficiente e evitar SPAM - Parte I


boletim.com nº 05 - Julho/2012

Dicas para construição de uma ação de email marketing mais eficiente e evitar SPAM - Parte I

Praticamente todos os grandes provedores de email têm filtros que analisam as mensagens que recebem antes de repassá-las para a caixa de entrada de seus clientes. Dependendo de como o email foi escrito (conteúdo), de quem o enviou (remetente) e de onde ele foi enviado (servidor), os filtros podem qualificar os emails como indesejáveis (são excluídos pelo filtro e não são entregues ao destinatário), como Spam (são entregues, mas entram para a caixa de spam do cliente) ou como normais (vão para a caixa de entrada). Numa série de artigos, vamos dar algumas dicas de como criar emails que tenham maior probabilidade de serem entregues para seus clientes, sem que os filtros os bloqueiem.

A primeira e mais importante dica: nunca envie emails para clientes que não tenham deliberadamente aceito recebê-los. Um cliente que reclame que recebeu um email não autorizado e te qualifique negativamente em listas internacionais de bloqueio (black lists) pode criar sérios problemas para limpar seu nome depois. Além disso, ressaltamos que o uso do email marketing do WEBFIDELIDADE não é para envio de spam, mas sim de informação qualificada e de real interesse para os clientes.

Com relação ao servidor, utilizamos tecnologia de ponta, com o uso de vários servidores certificados e que estão constantemente sendo reavaliados perante as black lists internacionais. Temos servidores redundantes de alta performance, que se alternam no envio e estão pré-configurados para otimizar as entregas, respeitandos as regras dos provedores.

Com relação ao remetente, fica claro que ele deve ser um endereço de email válido e que nunca tenha sido usado anteriormente para enviar spam. Lembre-se que alguns provedores, como o UOL, possuem filtros que, antes de entregar um email para um cliente pela primeira vez, retornarão uma mensagem para o mesmo email do remetente solicitando a confirmação do envio, sem o qual a mensagem não seguirá adiante. Portanto, acostume-se a sempre analisar os emails que retornarão para seu remetente, a fim de dar o correto encaminhamento da mensagem.

Com relação ao conteúdo, compilamos uma série de dicas tiradas dos critérios de análise de spam dos maiores provedores do mercado e, ao longo dos próximos boletins, os publicaremos aqui.

É importante ressaltar que, ainda que todas as dicas sejam seguidas, cada cliente sempre terá a opção individual de transformar ou não os emails recebidos em spam, ficando assim fora do nosso alcance garantir a entrega de 100% dos emails para os clientes. Também vale ressaltar que, apesar de todos os nossos melhores esforços, o provedor Hotmail tem criado uma série de dificuldades para a entrega de emails e tem sido alvo de reclamações de todos os serviços de envio, ficando também fora de nossa garantia a entrega de emails para este provedor.

Claro que estaremos sempre ao seu dispor para ajudar a criar o seu template ou sua ação. Fique à vontade de nos consultar.

Curiosidade! Sabe de onde vem o nome spam? De uma esquete do antigo grupo Monty Python sobre as "delícias" de um enlatado inglês de presunto, de nome Spam. Assista aqui, em inglés, com legendas em português!


 

© Kogumelo Informática Ltda

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Portal do Cliente/Usuário

Grupo ou empresa:


Informe seu código


Sua senha:



Efetuar Login
Esqueci minha senha
Quero me cadastrar

Atendimento:
info@webfidelidade.com.br
(21) 2255.4417
WEBFIDELIDADE 2008 - 2011 - Todos os direitos reservados para Kogumelo Informática Ltda. - Desenvolvido por Xeque-mate